You are here

Um diagnóstico de IDCG pode ser assustador para os pais. Alguns podem se perguntar, é necessário tratar a criança? É correto esperar e ver como a criança progride? A resposta mais direta a essas perguntas é: não espere para tratá-las.

Uma criança com IDCG, como todas as crianças, nasce com alguma imunidade à infecção obtida da mãe biológica durante a gestação. Essa imunidade desaparece depois de alguns meses. A criança ficará vulnerável a germes potencialmente mortais. Assim, é extremamente importante começar o processo de tratamento de imediato.

O tratamento oportuno é de extrema importância. Crianças com IDCG que são diagnosticadas nos primeiros meses de vida, não desenvolveram infecções e são submetidas a tratamento precoce têm uma taxa de sobrevivência superior a 90%.

A maioria das crianças com IDCG é tratada com transplante de células-tronco hematopoiéticas, ou TCTH, também conhecido como transplante de medula óssea.